Como a alimentação pode amenizar os sintomas da endometriose.

Como a alimentação pode amenizar os sintomas da endometriose.

Estima-se que por volta de 10% das mulheres sofram com a endometriose.

Contudo, a endometriose é uma doença complexa e multifatorial, cuja origem ainda não está totalmente esclarecida, resultando em dificuldades em qualificar ou quantificar o efeito da dieta.

A ciência vem buscando compreender melhor os possíveis mecanismos que levam ao desenvolvimento da endometriose, para que possamos atuar nos fatores modificáveis de vida e prevenir ou atenuar a doença na mulher.

Atualmente não há cura para a condição, mas ela pode ser tratada com cuidado integral, o que deve incluir um plano de controle da dor e um estilo de vida saudável, com boa nutrição e exercícios físicos regulares.

Entretanto, algumas evidências sugerem que a dieta e o estilo de vida podem influenciar a presença de inflamação no corpo, a atividade do estrogênio, o ciclo menstrual e o metabolismo das prostaglandinas.

Assim, dieta e estilo de vida também poder ter impacto no risco de desenvolver endometriose.

Algumas evidências parecem fazer sentido. Apesar da literatura sobre fatores dietéticos e o risco de desenvolver endometriose ser limitada e existirem poucos estudos.

Como a alimentação pode amenizar os sintomas da endometriose.
Como a alimentação pode amenizar os sintomas da endometriose.

Para combater a inflamação e as dores causadas pela endometriose.

É melhor consumir uma dieta rica em nutrientes e balanceada, baseada principalmente em vegetais, além de vitaminas e minerais, como alimentos ricos em:

  • Fibras: frutas, vegetais, legumes e grãos inteiros;
  • Ferro: folhas verdes escuras, brócolis, feijão, grãos fortificados, nozes e sementes;
  • Ácidos graxos essenciais: salmão, sardinha, truta, nozes, chia e sementes de linhaça;
  • Antioxidantes encontrados em frutas e vegetais coloridos: laranjas, frutas vermelhas, espinafre e beterraba, além do chocolate amargo.

O potencial impacto positivo das melhorias dietéticas vai muito além da endometriose.

Lembrando da importância de uma equipe multiprofissional para orientar da melhor forma algumas mudanças no estilo de vida, que podem influenciar positivamente mulheres com endometriose.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Você tem dúvidas sobre ginecologia e/ou obstetrícia?

Escreva-nos! Suas informações são sigilosas e protegidas.

Utilize seus dados verdadeiros, para que possamos responder seu contato.

Leia também.

Iniciar conversa!
1
Podemos lhe ajudar?
Olá. Podemos te ajudar?