Menopausa: sintomas.

Menopausa: sintomas.

Pois é !

Sabemos que as últimas décadas trouxeram avanços para a medicina.

A qualidade e a expectativa de vida aumentaram.

Há não muitos anos, uma mulher de 55 anos era considerada idosa.

Menopausa: sintomas.
Menopausa: sintomas.

Mas hoje tal quadro mudou muito. Atendo mulheres de 70 até 80 anos muito ativas e ainda com muita energia para enfrentar os desafios do dia a dia.

Entretanto, por volta dos 50 anos temos a parada do funcionamento do ovário, órgão responsável entre outras coisas pela produção hormonal na mulher.

Com esta parada da produção hormonal alguns sintomas aparecem.

No curto prazo , os mais comuns são os fogachos , também chamados de “ondas de calor”  além  da parada na menstruação ou mesmo episódios de irregularidade menstrual.

Menopausa: sintomas.
Como os sintomas são importantes as pacientes nos procuram.

Caso não haja nenhuma contra indicação, podemos iniciar a reposição hormonal, que é muito eficaz no alívio das queixas.

Mas dependendo de uma série de fatores como histórico pessoal de saúde, biotipo, antecedentes familiares, etc  podem surgir os efeitos de longo prazo da menopausa, como atrofia (” secura “) genital e osteoporose.

A atrofia é muitas vezes percebida como dificuldade e dor para ter relações sexuais. Às vezes pode se parecer também como infecção urinária.

Já a osteoporose é mais complicada: geralmente não dá sintomas !

O diagnóstico é feito quando a mulher apresenta fraturas. Venhamos e convenhamos já é tarde!

Aprendi uma frase que sempre repito: ” Medicina é a ciência das verdades transitórias” . Aquilo que em determinado momento é consenso, sempre pode mudar.

E assim foi com a reposição hormonal. Numa época tratava-se todo mundo!

Com o passar dos anos , as indicações foram se restringindo.

Não existe regra geral para a terapia. O tratamento tem que ser individualizado.

Por quanto tempo o tratamento deve ser instituído também ainda hoje não existe consenso.

A orientação que dou no consultório é: até a próxima consulta!

Menopausa: sintomas.
Mas enfim, a mulher passará quase metade de sua vida na menopausa.

Garantir qualidade de vida nesta fase é dever de todo médico.

Ficou com dúvidas ? Agende sua consulta que eu te explico melhor.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Você tem dúvidas sobre ginecologia e/ou obstetrícia?

Escreva-nos! Suas informações são sigilosas e protegidas.

Utilize seus dados verdadeiros, para que possamos responder seu contato.

Leia também.

Iniciar conversa!
1
Podemos lhe ajudar?
Olá. Podemos te ajudar?