Endometriose. Dor pélvica e dificuldade para engravidar.

Endometriose. Dor pélvica e dificuldade para engravidar. Como  sabemos, endometriose é uma doença que causa dor pélvica e dificuldade para engravidar. Atinge basicamente mulheres em seu período reprodutivo.

Endometriose. Dor pélvica e dificuldade para engravidar.
Endometriose. Dor pélvica e dificuldade para engravidar.

Ao longo dos meus anos de prática médica sempre digo que houve grande mudança na maneira de se fazer o diagnóstico da doença e de instituir o melhor tratamento. O que é muito bom . À medida que a medicina avança, o cuidado com os pacientes também melhora, naturalmente.

O mais importante no entanto é que pelo menos  80% das mulheres que tem o diagnóstico de endometriose conseguem gestação em algum momento da  vida, o que é ótimo !

Mas conseguir engravidar não resolve todo o  problema.

Recente pesquisa publicada em revista médica  procurou relacionar histórico de endometriose com  eventuais complicações na gravidez.

Este estudo foi feito nos Estados Unidos  com grande número de mulheres. O diagnóstico de endometriose foi feito durante a laparoscopia.

Endometriose. Dor pélvica e dificuldade para engravidar.

E os resultados foram surpreendentes. As mulheres que tiveram diagnóstico de endometriose apresentaram maior risco de apresentar:

  • abortamento espontâneo.
  • gravidez ectópica ( fora da cavidade uterina).
  • pré-eclampsia  ( doença própria da gestação que se manifesta entre outros por aumento da pressão arterial).
  • Diabetes gestacional.

Não há uma única explicação para o fato. Mas algumas teorias como  diminuição da produção de progesterona, dano ao óvulo e aumento de processo inflamatório local são interrogadas.

A importância deste estudo está no fato que não basta para o médico ajudar a paciente a conseguir engravidar. Mulheres com endometriose, quando grávidas, constituem um grupo de risco para outras doenças durante o pré natal e devem ser acompanhadas com muita atenção.

Outro detalhe que percebo na minha prática: como eventualmente já houve certa dificuldade em engravidar, as pacientes não lidam bem com a frustração de algo ir errado no pré-natal. O que de certa forma atrapalha um pouco a relação médico paciente.

Enfim, o desafio não termina com  teste de gravidez positivo.

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Você tem dúvidas sobre ginecologia e/ou obstetrícia?

Escreva-nos! Suas informações são sigilosas e protegidas.

Utilize seus dados verdadeiros, para que possamos responder seu contato.

Leia também.

Iniciar conversa!
1
Podemos lhe ajudar?
Olá. Podemos te ajudar?